Projecto de Tese de Doutoramento

O projecto de Tese de Doutoramento teve a sua arguição pública no dia 6 de Dezembro de 2011, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. A avaliação final foi de 17 valores.

Do júri fizeram parte os Professores Doutores Jorge Martins Rosa, Cláudia Álvares, Cristina Ponte e Fernando Cascais.

Abaixo encontra-se o resumo do projecto em si, bem como a apresentação e a gravação da apresentação, para ser ouvida na página ou levada em mp3!

 

PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO PARA «ENTRE CORPOS E ECRÃS – IDENTIDADES E SEXUALIDADES DOS JOVENS NOS NOVOS MEDIA»

                                                                                                        

DANIEL DOS SANTOS CARDOSO

 

 RESUMO

 

PALAVRAS-CHAVE: juventude, internet, sexualidade, pornografia, sexting, teoria queer

 

Este Trabalho Final de Curso tem como objectivo a apresentação de um projecto de investigação para a realização de uma Tese de Doutoramento em Ciências da Comunicação.

Irei partir de um trabalho de recolha e recensão bibliográfica crítica que permita determinar quais as mais recentes tendências e dados nas várias áreas dos usos sexualizados das novas tecnologias por parte dos jovens e crianças. Por outro lado, um outro objectivo, paralelo, é o de identificar as lacunas existentes na pesquisa actual, e procurar entender de que forma a investigação para esta Tese de Doutoramento poderá contribuir para sanar essa lacuna. Este olhar crítico terá como bases uma visão pós-estruturalista e dos estudos culturais, de abordagem queer, olhando para os mais recentes avanços na concepção e construção de identidades como a juventude ou a sexualidade.

A segunda parte deste Trabalho Final compreenderá a descrição das problemáticas colocadas especificamente pela Tese de Doutoramento pretendida, bem como uma descrição de quais os processos metodológicos que se pretende levar a cabo, de forma a conseguir oferecer resposta às questões levantadas; a acompanhar esta descrição estará um cronograma dos vários passos da investigação.

Neste caso em particular, alguns dos campos a serem revistos bibliograficamente são: a concepção sociológica e filosófica de identidade, sexualidade e orientação sexual, juventude, sujeito e sexo; os significados e debates em torno da pornografia; a noção de autonomia e literacia para os jovens, dentro e fora do contexto da cibercultura; os vários papéis que os jovens podem adoptar enquanto utilizadores, participantes e produtores de conteúdos; a retórica representacional e mediática do pânico moral; o papel específico das crianças e jovens dentro do dispositivo de sexualidade foucauldiano; o desenrolar da constituição de uma cidadania da intimidade e sexual nos jovens; a educação sexual na medida em que congrega questões de mediação escolar, parental e sócio-cultural, para além dos novos media.

As metodologias empregues pretendem, não o estabelecimento de uma amostragem e resultados representativos, mas antes uma mistura entre uma componente quantitativa e uma componente qualitativa, recorrendo inclusivamente aos dados do Projecto EU Kids Online para estabelecer pontes de ligação com um estudo representativo. Esta segunda será a mais preponderante no contexto – o objectivo aqui é o de delinear uma pesquisa longitudinal, que esteja capacitada para abarcar conceptualmente o processo, precisamente por causa da importância do processo e da necessidade de encontrar a reflexividade dentro da investigação e através dela. A análise crítica do discurso, análise de conteúdo – com cruzamentos entre teoria foucauldiana, teorias feministas, grounded theory, análise narrativa – e um constante trabalho de reflexão com os participantes da investigação serão ferramentas indispensáveis para tratar o material obtido através das várias rondas de entrevistas planeadas.

Por fim, tomando a abordagem da investigação académica como uma prática politicamente engajada e apreciando o lugar de privilégio que a academia é e constitui, haverá uma preocupação fundamental com a procura de pontes entre os resultados obtidos e a sua divulgação junto de stakeholders e responsáveis por políticas públicas.

 

Apresentação

 

Versão para download.

 

 

</p>"</p>"